OUÇA MOZART E VIVA MELHOR:

PATRICIA CAMPOS MELLO.
(Jornal da USP)
 

As músicas do compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart não são apenas obras primas do repertório clássico mundial. 
Suas composições podem também melhorar a qualidade do sono das pessoas, regularizar o apetite , melhorar o relacionamento social e a concentração, além de facilitar a aprendizagem de línguas estrangeiras, isso é o que garante a psicóloga Carmem Leonor Marchione Monteiro, responsável no Brasil pelo Método do Otorrinolaringologista Francês ALFRED TOMATIS de terapia musical.
O método Tomatis utiliza o ouvido eletrônico, um aparelho que modifica os sons por meio de filtros, isolando os sons agudos de alta freqüência (a partir dos 8 mil hertz). O "paciente" escuta por meio de fones de ouvido nas chamadas "sessões de escuta".
"Uma avaliação de escuta é feita para cada pessoa, determinando a capacidade auditiva, suas dificuldades e tratando determinadas freqüências", explica Dra. Carmem.
Segundo a psicóloga, sons graves tem efeito hipnótico, sons médios provocam reações de vivacidade, sons agudos acima dos 2 mil hertz proporcionam alegria de viver e sons agudos acima de 8 mil hertz estimulam a memória, concentração e criatividade.
são utilizadas principalmente as musicas de Mozart onde predominam os violinos e também cantos gregorianos. "Eles possuem o mesmo ritmo dos batimentos cardíacos e servem para acalmar", explica Carmem.
O método, que é aplicado na Suíça, Bélgica, França, Holanda, Canadá, Estados Unidos e México, atende a vários tipos de pessoas.- Sons graves tem efeito hipnótico; 
- Sons agudos trazem alegria de viver segundo psicóloga;
- Cantos Gregorianos possuem mesmo ritmo dos batimentos cardíacos e servem para acalmar.

"A maioria dos meus pacientes são crianças hiperativas, com dificuldades escolares, adultos com stress ou depressão e crianças excepcionais", diz a psicóloga.
Outro resultado anunciado pela Dra. Carmem e a melhora no aprendizado de línguas. Segundo ela, cada povo fala e escuta em determinada freqüência, e o método amplia o canal de escuta das pessoas, facilitando a compreensão e assimilação da língua.
"Os Franceses, por exemplo, não são dotados para línguas, pois tem um canal de escuta estreito, enquanto os Russos e os Brasileiros têm mais facilidade".

Webmail Centro Tomatis - Rua Capitão Prudente, 51 - CEP 05422-050 - Jd. Paulistano - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3082-89-45 - e-mail - MT
Horário de atendimento: segunda à sexta das 10 às 21 horas. Sábado das 10 às 13 horas.